Lonely Girls Project | Lingerie que celebra a força e individualidade das mulheres

Lonely Girls Project Lingerie

Hello Boys?

Marcas de lingerie são raramente fontes de uma imagem corporal positiva para as mulheres. Itens que em sua essência são para a mulher, foram distorcidos e dominados através de um marketing de linguagem machista. Uma linguagem que só reconhece mulheres que tem corpos e medidas que cabem dentro do padrão do que é oficialmente considerado bonito.

Esse marketing que fala para as mulheres como elas deveriam se apresentar, numa voz decididamente masculina, virou um símbolo de machismo, objetificando a mulher. Um marketing que diz que lingerie bonita é para ser vestida para o homem como fosse uma embalagem para ser desembrulhada e descartada pela receptora do “presente”.

A publicidade famosa de 1994 da marca Wonderbra, onde a modelo Eva Herzigova veste sutiã e calcinha com a legenda “Hello Boys”, é um exemplo perfeito desse olhar masculino no mercado de roupa íntima feminina. Que diz que roupa íntima serve para validar a mulher através da aprovação do homem. Que uma lingerie bonita é uma compra exclusivamente para a mulher que quer agradar o homem, roubando o direto de uma compra onde a mulher deveria ser a protagonista e para ela se sentir bem para ela mesma, independente se ela pretende “dar” ou não. Essa negação do valor e da beleza individual de cada mulher, além de estar longe de ser saudável, é perturbante.

Lonely Girls Project Lingerie

Lonely

A marca Lonely da Nova Zelândia resolveu fazer algo diferente, a marca cria roupas, roupas de banho e lingerie celebrando a força e a individualidade das mulheres que vestem Lonely. É feita “para mulheres que vestem lingerie como uma carta de amor a elas mesmas” diz a estilista da marca, Helene Morris. Cada coleção faz parte de uma conversa continua e um etos de design consciente, que traz um senso de imagem corporal positiva e uma liberdade de expressão. A Lonely além de vender online, tem lojas nas cidades de Auckland e Wellington e revendedores no mundo inteiro.

Lonely Girls Project Lingerie

Lonely Girls Project

A marca também fugiu de uma abordagem de marketing tradicional, dando vida a suas coleções através do Lonely Girl’s Project, um diário com imagens de mulheres do mundo inteiro, com vários “backgrounds” e profissões, usando peças Lonely em seus estilos individuais. A ideia é eliminar as expectativas de como a mulher “deve” ou “precisa” parecer na coleção e focar em como a lingerie te faz sentir. Esta sensação transcende o estereótipo que é colocado nas mulheres do mundo inteiro.

O projeto que ganhou viabilidade através do Instagram, é apoiado por Lena Dunham e Jemima Kirke da série Girls, que fizeram parte do projeto, celebrando suas belezas reais, afirmando que ser você mesmo é suficiente.

Lonely Girls Project Lingerie Lonely Girls Project Lingerie

Tags from the story
, ,
More from Eliza Rinaldi

Conheça o Itinerante Mercado, uma feira de design e moda de pequenos produtores em São Paulo

Aqui no EAMR acreditamos muito em profissionais colaborativos que lutam por valores...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *