Quando vira TMI? Alguns pensamentos sobre oversharing nas redes

Quando vira TMI? Alguns pensamentos sobre oversharing nas redes | EAMR

Quando comecei a escrever EAMR, queria criar um espaço para compartilhar meu estilo, minhas ideias e outras coisas que acho pertinentes. Escolhi uma abordagem de revista, escrevendo matérias com uma certa distância; como já tinha trabalhado como jornalista, essa foi a forma mais fácil de começar, mas com o tempo me senti mais confortável em tirar fotos minhas e falar um pouco sobre minha vida e experiências. Demorei um pouco para me soltar, pois tenho um lado bem tímido.

Logo percebi, no entanto, que quanto mais pessoal meu blog virou, mais vocês gostaram, e faz sentido: a net está cheia de conteúdo sobre moda e estilo de vida, ninguém precisava ler o EAMR para mais do mesmo. Quando penso no porquê eu “paro” em certos blogs em vez de revistas, é pela atração de um espaço mais pessoal, um vislumbre da vida de outro que poderia ser eu mesma.

Acesso e oversharing

Não há dúvida nenhuma de que vivemos num mundo de acesso total. Para o bem e para o mal, nossa natureza nos deu uma curiosidade profunda pela vida dos outros e as mídias sociais, os blogs e outras fontes nos deixam ter um olhar quase voyeurístico, mas existe uma linha tênue: em que ponto nossos updates constantes entram no território de oversharing ou de TMI (too much information)? Tirando casos mais óbvios, como a família Kardashian-Jenners, não é sempre fácil identificar essa linha.

Depois do nascimento do Gael, tive mais vontade de compartilhar imagens mais pessoais e dividir mais coisas do meu dia-a-dia, isso me fez sentir uma conexão maior com vocês, do jeito que eu queria que o EAMR fosse. Mas chegou um momento em que comecei a pensar: será que sou culpada de oversharing? Sei que estou longe de postar imagens íntimas e falar cada detalhe do meu dia, mas acredito que esta linha é pessoal e única para cada um; foi a primeira vez que eu cheguei a me questionar. Tive que desenvolver minha própria fórmula, a medida certa entre compartilhar experiências reais com vocês sem expor cada detalhe da minha vida pessoal, e acho que estou conseguindo!    

More from Eliza Rinaldi

Drink da Semana: Gin Tônica Finlandesa

Depois de um mês de contribuições de leitores e outros blogs, saí...
Read More