Semana de Moda de Milão – Cycling shorts e estampas

MFW às vezes pode parecer um pouco rígida, e sem a Gucci, que mudou para Paris, e a Bottega Veneta que vai apresentar em fevereiro essa temporada, podia ter sido sem brilho, mas essas 5 marcas se destacaram por trazer frescor e uma energia para desafiar o clássico, sem perder uma gota de usabilidade. Vem comigo para minhas 5 coleções preferidas de MFW:

Prada

Semana de Moda de Milão - Cycling shorts e estampas Semana de Moda de Milão - Cycling shorts e estampas

“Eu queria quebrar as regras do clássico”, disse Miuccia Prada nas entrevistas backstage. “Para falar sobre um desejo de liberdade e fantasia e, do outro lado, o conservadorismo extremo que está vindo – a dualidade que existe”. A mensagem foi para as jovens, teve cycling shorts, bodys com decotes ousados, túnicas A-line de cetim, tiaras estilo Alice e meia transparente com o logo da Prada. Sem dúvida, essa foi uma coleção difícil de rotular, mas trouxe uma jovialidade à MFW, que às vezes demonstra uma rigidez.

Etro

Semana de Moda de Milão - Cycling shorts e estampas Semana de Moda de Milão - Cycling shorts e estampas

A marca demostrou que sempre vai ter um lugar na moda para Bohemia, hoje em dia renascido no movimento de bem-estar e meditação. Veronica Etro traz essa estética com um luxo 100% italiano: conjuntos de pijama, roupa de banho, vestidos elegantes, tudo com estampas ousadas.

Versace

Semana de Moda de Milão - Cycling shorts e estampas Semana de Moda de Milão - Cycling shorts e estampas

A palavra inclusão parece um bom ponto de partida para falar do desfile da Versace. Com a modelo dos anos 90 Shalom Harlow na passarela e estampas mais leves e usáveis intercaladas com neon e body com chain mail. Falando em usáveis, nesta temporada a mulher Versace às vezes desce do salto, pois, como o resto do mundo sabe, às vezes só tênis dá!

Missoni

Semana de Moda de Milão - Cycling shorts e estampas Semana de Moda de Milão - Cycling shorts e estampas

A marca comemorou seu aniversário de 65 anos. O desfile foi autêntico ao DNA da marca, mas sem perder sua relevância no cenário de moda atual. Teve calça flare, túnicas e vestidos retos com capas, tudo apresentado em camadas de tecidos leves, em cores pastel e delicado com fios de brilho evidente no tricô zig zag, o carro chef da marca.

Dolce and Gabbana

Semana de Moda de Milão - Cycling shorts e estampas Semana de Moda de Milão - Cycling shorts e estampas

Domenico Dolce e Stefano Gabbana sabem o que fazem bem, fazer as pessoas se sentirem bem com elas mesmas. “Cada um de nós é o rei ou rainha de nossas próprias vidas!”, declarou Dolce. O tema do desfile foi uma celebração de nosso DNA único. As digitais dos estilistas foram projetadas em telas atrás do publico. As modelos vestiam sorrisos e roupas elaboradas incluindo jaquetas com aplique e vestidos esbanjando feminilidade.

More from Eliza Rinaldi

Favoritos de janeiro: Um guia de Londres!

Bem-vindxs ao primeiro EAMR favoritos do ano! E esse mês tem tema!...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *