Moda é para se divertir (e distrair do estresse)

Acho que dá para sacar dos meus posts mais recentes, focados em autocuidado e bem estar, que estou passando por um momento de hiper estresse. Sempre fui uma pessoa que não consegue (nem quer) esconder meus sentimentos, e sou a primeira a assumir que até eu tenho inveja da versão editada da minha vida que posto no Instagram. Mais e mais reconheço, aceito e embarco no fato de que em imagens estamos apresentando nossas melhores versões, mas em compensação preciso ser mais crua nas minhas palavras.

Moda para se divertir (e distrair do estresse) | Estilo ao Meu Redor

Um perrengue atrás do outro 

Estou passando por vários perrengues pessoais, como todos nós, e sempre vem tudo duma vez só. Aconteceu que a gripe do pequeno se transformou em pneumonia, uma palavra avassaladora e difícil de soletrar na mesma medida; graças à deusa ele vai ficar bem, mas as noites sem sono e outros assuntos pessoais e profissionais estão começando a pesar. Em momentos assim, estou me treinando a olhar para a solução passo a passo ao invés de me perder no problema, mas às vezes me perco.

Sabia que o primeiro ano do bebê ia ser FODA, eu me preparei, tanto que estava bem preparada, lidei bem com o pós parto e outras zonas de risco. Talvez nem tenha sido tanto uma questão de preparação e mais uma necessidade inerente de não ser previsível. Então o que que a gente faz quando a vida nos dá limões? Vestir um vestido bonito e posar… Evidentemente.

Moda para se divertir (e distrair do estresse) | Estilo ao Meu Redor

Fotos por Sabrina Magalhães | Beleza por Drica Rangel

Moda é para se divertir

Mas falando sério… realmente ajudou, só de colocar este vestido lindo que comprei na promoção da minha Boutique predileta de Londres, Frank e Salvi, me deu vontade de dançar e brincar com os volumes da manga e da saia. Os óculos são Gucci e são mais um da turma “parei de usar faz anos, mas hoje em dia ficaram interessantes de novo”. Os sapatos são Chloe, que ganhei de uma amiga de Paris que trabalhava lá na época. Doem tanto usar que quase não me arrisco a sair com eles, mas também estou sem coragem de me livrar de sapatos tão arrasadores, isso seria um crime….

 Não deixam de me conta aqui nos comentários como vocês lidam com estresse e momentos desses na vida…pois estou precisando de dicas!

More from Eliza Rinaldi

5 dicas para se arrumar em 10 minutos (e parecer que levou horas)  

Me conta se você se identifica com o seguinte cenário: O domingão...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *